quarta-feira, 3 de junho de 2009

Comitê Dorothy - de Belém para o mundo



Após o brutal assassinato de Irmã Dorothy, houve uma reunião em Belém.O clima era de indignação e revolta. Era hora de dar um basta. Dar um basta na violência endêmica que assola a Amazônia. Terra de ninguém. Terra de sangue e morte. Terra de vergonha e corrupção. Terra do dinheiro e do revólver.
Naquela reunião, no dia 13 de abril de 2005, com representantes de religiosos, Comissão Pastoral da Terra, movimentos populares e de direitos humanos, sindicatos de trabalhadores rurais, partidos políticos e familiares de Irmã Dorothy, nasceu o Comitê Dorothy.

Nasceu assim um grupo cuja ação está baseada no conceito da não-violência, em que a força da pressão social combate a força das armas, do dinheiro e da opressão. De Belém passou a ter visibilidade nos municípios vizinhos e demais Estados do Brasil, chegando aos Estados Unidos através da antropóloga Emily Goldman, representante de Robert F. Kennedy Memorial Center for Human Rights e de familiares de Irmã Dorothy. Em 6 de dezembro de 2005, o Comitê Dorothy recebeu o Prêmio João Canuto de Direitos Humanos do Movimento Nacional de Humanos Direitos, no Rio de Janeiro por sua atuação em defesa dos direitos humanos.
Desde seu início, o Comitê Dorothy conta com a colaboração dos advogados da Comissão Pastoral da Terra (CPT), da Comissão de Direitos Humanos da OAB-PA e Sociedade de Defesa dos Direitos Humanos (SDDH) que acompanham inquéritos e processos criminais relativos à violência no campo, mostrando que o caminho é o da denúncia e da pressão da sociedade civil organizada.
Organiza-se e operacionaliza suas atividades divididas em 3 eixos:
1. Condenação dos assassinos, mandantes e intermediários da morte de Ir. Dorothy e apoio à implementação do Plano de Desenvolvimento Sustentável em Anapú (PDS).
2. Apoiar, discutir e divulgar a luta pela terra na Amazônia Paraense.
3. Acompanhar e denunciar casos de violação dos direitos humanos contra trabalhadores (as) rurais e lideranças ligadas à causa da reforma agrária.

3 comentários:

Anônimo disse...

Tá muito bom o blog, gostei muito e acho muito importante de tenha essas iniciativas....


Abração Da Z...

Kaamirã disse...

O PICICA - blog do Rogelio Casado deseja vida longa para o blog do Comitê Dorothy.

Kaamirã disse...

O PICICA - blog do Rogelio Casado deseja vida longa para o blog do Comitê Dorothy.